História do Hidromel

Hidromel  ou Mead é uma bebida alcoólica fermentada à base de mel e água, a proporção da produção é geralmente de uma parte de mel e duas de água a variação dessa proporção juntamente com outros fatores é o que distingue uma safra de outra ou um produtor de outro. Consumida desde a antiguidade, sua fabricação é anterior à do vinho e seguramente à da cerveja.

O mead é obtido pela transformação dos açúcares do mel em álcool, assim, é indevidamente chamado de vinho de mel, pois “vinho” é um termo destinado ao produto da fermentação da uva.

Os fermentos que estão presentes no ar no pólen e no próprio mel, podem começar a se multiplicar e transformarem os açúcares do mel em álcool.

Algumas  culturas antigas consumidoras desta bebida foram os celtas, os saxões e os vikings. Também era conhecido o consumo de uma bebida similar pelos maias.

Existia a tradição de que os casais recém casados deveriam consumir esta bebida durante o primeiro ciclo lunar após as bodas para nascer um filho varão. Daí surgiu a tradição atual da lua de mel.

Na Mitologia Nórdica, o hidromel aparecia como a bebida favorita dos deuses.

Consumida desde a antiguidade, a fabricação dessa bebida fermentada à base de água e mel, é anterior à do vinho e seguramente à da cerveja.